Conexão Xalingo – Blog

Parques Sonoros

post02

Segundo Giovanni Sedioli, estudioso do mundo da educação, a criança pequena desenvolve sua identidade como pessoa através do corpo e dos sons. E quando nos dedicamos à formação musical de bebês e crianças, percebemos a feliz semelhança entre a riqueza sonora que existe, as necessidades e possibilidades sonoras deles.

Um projeto realizado desde 2014 é voltado pensando nisto. Nas Unidades de Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino de São Paulo foi implementado o “Parques Sonoros”, que abrange 30 escolas infantis e creches da cidade.

De uma maneira geral, os “Parques Sonoros” são espaços que proporcionam às crianças experiências sensoriais de exploração musical livre. O intuito é que o aluno seja protagonista da experiência, interaja com o espaço e objetos presentes nele, e use a sua imaginação para transformar os objetos em instrumentos.

Os “Parques Sonoros” podem ser compostos “cotidiáfonos”, termo criado pela educadora musical argentina Judith Akoschkycomo, para chamar os objetos sonoros presentes no dia a dia da criança.

Fontes: https://catraquinha.catracalivre.com.br/geral/aprender/indicacao/parques-sonoros-leve-mais-brincadeira-livre-com-musica-escola/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *