Blog :: Xalingo

Tag - Papai Noel

Coisas para NÃO dizer às crianças no Natal

post1-1

post1-1

As festas de fim de ano sempre trazem à tona aquelas tradições passadas de pai para filho. Por outro lado, também é tempo de avaliar o ano que passou e refletir a respeito de nossas escolhas e suas consequências futuras. E isso também inclui as coisas que falamos para as crianças. Aproveite o espírito natalino para reavaliar algumas coisas que costumam ser ditas aos pequenos nessa época e que podem não ter um efeito positivo sobre eles.

 

1. “Se não entregar a chupeta, o Papai Noel não vai trazer presente”

Tirar de maneira abrupta os chamados objetos de transição das crianças (como fralda e chupeta) pode gerar crise. O ideal é preparar a criança ao longo do ano e ir diminuindo o uso gradualmente, fazendo com que o Natal seja apenas o marco final desse desapego feito ao longo de meses.

 

2. “Papai Noel só dá presente para crianças que se comportam”

Nenhuma criança se comporta exemplarmente o tempo todo e no final do ano ganha presente mesmo assim. Ou seja, além de não ser verdadeira, essa frase é uma maneira de tirar a responsabilidade de educação dos pais e colocar na mão do Papai Noel.

 

3. “Natal é época de ganhar presente”

Nossa sociedade tem uma tendência para rentabilizar as datas comemorativas, mas não só pela questão religiosa do Natal, devemos lembrar que um presente não precisa ser necessariamente um bem de consumo. Muitas vezes, um abraço apertado, um cartão escrito à mão e, claro, a presença das pessoas queridas pode ser o melhor presente. Os rituais de enfeitar a casa e preparar a ceia para a família e os amigos são marcos natalinos com muito mais significado do que uma simples troca de objetos comprados.

 

4.“Papai Noel não existe”

Esta questão é delicada pois, ao mesmo tempo em que não se deve acabar com a ilusão das crianças, também não se deve incentivar demais a crença no bom velhinho. Ainda que atualmente a figura do Papai Noel tenha se resumido a um símbolo do consumismo, através da fantasia, ele ainda pode ajudar as crianças a compreender valores como a bondade, de forma lúdica.

 

 

 

Fonte: Crescer

Surpreenda as crianças no Natal

natal

natal

 

Selecionamos algumas ideias para você encantar e surpreender os pequenos na noite de Natal. Confira.

 

Se a família tem algum amigo que a criança não conhece e que pode se vestir de Papai Noel, é uma oportunidade para criar uma lembrança marcante para ela. Este amigo pode bater bem forte na porta, fazer um ‘Ho, Ho, Ho, Feliz Natal’, com a voz grossa e sair correndo antes das crianças conseguirem abrir a porta. Elas ficarão muito entusiasmadas.

 

Se não houver alguém para se fantasiar, que tal um telefonema do Papai Noel? Esta é outra alternativa bacana, pedindo para um amigo ligar – vale salvar o contato dele como Papai Noel para que a criança veja quando pegar o telefone. Ele pode perguntar se a criança se comportou durante o ano e, ao final, pedir para ela pensar em coisas boas, para que a energia mágica do Natal entre em ação. Em seguida, ele pode dizer que o pensamento dela funcionou e indicar onde estão os presentes. Vai ser bem divertido.

 

Se a família é cristã e a relação do Natal com o aniversário/nascimento de Jesus está presente nas comemorações, uma coisa muito bonita de se fazer, especialmente com crianças maiores, é levá-las no anoitecer do dia 24 para entregar presentes de Natal a bebês numa maternidade.

 

Se as crianças vão dormir e o dia 25 de manhã é o mais aguardado para abrir os presentes deixados pelo Papai Noel à noite, existem aplicativos que podem “comprovar” que ele esteve na casa. Esses aplicativos simulam o Papai Noel na casa da pessoa e fica incrível. As crianças ficam boquiabertas e encantadas na manhã seguinte.

 

 

 

Fonte: Catraquinha

Brincadeiras divertidas para a noite de Natal

Girls Opening Christmas Gifts

Faltam poucos dias para o Natal e a criançada aí na sua casa já não consegue mais segurar a ansiedade? A gente entende como isso funciona. E como andam os preparativos para a grande noite? Sabemos que essa época do ano é uma correria só para pais e mães que precisam ir atrás de presente, acompanhar o final do ano letivo de seus filhos, além das tradicionais reuniões familiares e também no trabalho. Mas que tal separar alguns minutinhos para pensar em algumas brincadeiras para fazer com as crianças na noite do dia 25?

O Natal é uma das datas que os pequenos mais gostam e eles merecem que ela seja inesquecível. Por isso, separamos algumas brincadeiras fáceis e bem divertidas que podem ser feitas na noite de Natal. Que tal colocar uma delas em prática aí na sua casa?

Caça ao tesouro: Nada de deixar os presentes paradinhos debaixo da árvore. Inove e faça uma incrível caça ao tesouro! Esconda os pacotes por toda a casa e deixe debaixo da árvore alguns bilhetinhos com o nome de cada criança e dicas de onde encontrá-los.

Meias mágicas: Diga para seus filhos deixarem meias penduradas perto da porta de casa. Seus filhos vão acordar na manhã de Natal ansiosos para descobrirem o que o Papai Noel deixou para eles dentro das meias. Você pode colocar pequenos brinquedos, canetinhas, adesivos, doces (que podem ser saudáveis, como frutas, barrinhas de cereais e frutas secas) e uma cartinha com um recado do próprio Papai Noel.

Teatro natalino: Chame as crianças para que, juntos, vocês criem uma peça sobre o nascimento de Jesus. Convide a vovó, o titio, os primos e separe um personagem para cada um. Seus filhos vão amar a experiência de fazer uma peça de teatro junto com toda a família e aprender um pouco mais sobre o Natal.

Papai Noel esquecido: Invente algum pretexto para tirar todas as crianças da sala. Reproduza, então, o som de sinos e convide os pequenos para voltarem à sala e descobrirem do que se trata. Ao chegar lá, elas vão ficar maravilhadas ao ver os presentes espalhados ao redor da árvore de Natal. Mas, ei, o que é aquilo ali no chão? Pois é, na correria, Papai Noel esqueceu o seu gorro! Ho, ho, ho!!!

Aprendendo a ser grato: Reúna as crianças e entregue a elas alguns pequenos cartões. Incentive-as a escrever em cada cartão um motivo que eles têm para agradecer neste Natal. Vale agradecer pelos pais, pela escola, por terem comida, por terem brinquedos… Você precisará ajudar os pequeninos que ainda não sabem escrever. Faça um furo na parte superior dos cartões e passe um pedaço de fita para pendurá-los na árvore.

Roda de histórias: Convide as crianças (e os adultos que também quiserem participar) para sentarem juntos no chão. Comece a contar histórias sobre os Natais da sua infância, como eram comemorados, do que você mais gostava. Incentive as crianças a também falarem sobre as lembranças que têm das festas que já participaram. Vai ser muito divertido, por exemplo, ouvir as histórias das festas de Natal do vovô.

Fonte: Disney

Girls Opening Christmas Gifts

Quando é a hora de contar que o Papai Noel não existe?

158313365

Todo mundo, em algum momento da infância, acreditou em Papai Noel, em Coelhinho da Páscoa e na Fada do Dente. Esses personagens imaginários povoam a imaginação de milhares de crianças em todo o mundo, e claro que com o seu filho não é diferente.

Mas chega um momento em que a criança começa a desconfiar de algumas coisas e vê que o Papai Noel, por exemplo, é na verdade o tio, o pai ou o avô em uma fantasia vermelha e um saco cheio de presentes. E agora, como fazer?

158313365

Especialistas afirmam que incentivar a crença na existência do Papai Noel pode fazer bem à criança, estimula a sua imaginação e a criatividade e ainda desperta valores como o amor ao próximo, a bondade e a solidariedade.

Mas, qual o momento certo de dizer que o Papai Noel não existe? Isso vai variar de criança para criança, mas o ideal é que se espere pela pergunta. Isso deve acontecer por volta dos seis anos de idade, quando o pequeno começa a desenvolver pensamentos mais lógicos e questionar a existência desse mito. Além disso, sempre pode acontecer de algum coleguinha de escola comentar que não acredita mais em Papai Noel e deixar a dúvida na cabeça do seu filho.

Quando chegar esse momento sente e tenha uma conversa franca com seu filho. Conte a verdade, a criança estará pronta para ouvir e entender melhor. Nesse momento, você pode dizer que o Papai Noel é na verdade a representação do espírito de Natal, que está sempre presente na data. E que esse espírito está vivo em cada um de nós, seja adulto ou criança.