Blog :: Xalingo

Tag - engatinhar

Seu bebê está demorando para sentar e engatinhar?

Geralmente os bebês já conseguem ficar sentados sem apoio por volta dos seis meses e começam a engatinhar por volta dos nove meses. Embora este tempo seja apenas referência e cada criança tenha o seu ritmo de desenvolvimento, quando a demora se estende muito, pode ser sinal de problema.

 

Como saber se o seu bebê está demorando demais para sentar ou engatinhar?

 

Se o seu bebê chegar aos nove meses e ainda não conseguir sentar sem apoio, é preciso conversar com seu pediatra sobre o assunto.

 

Quanto a engatinhar, alguns bebês podem não engatinhar e ir direto para o andar. Outros, usam maneiras alternativas de se movimentar, como se arrastar. Mas normalmente o engatinhar acontece por volta dos nove meses de vida. Você deve se preocupar e buscar orientação médica se até os 12 meses o bebê não engatinhar nem estiver desenvolvendo esses movimentos alternativos que também trabalham a coordenação e equilíbrio.

 

 

 

Fonte: Bebê Mamãe

Casa segura para bebês

engatinhando

engatinhando

 

Nada substitui o olhar atento dos pais, cuidando e zelando pelo bem estar dos pequenos. Mas selecionamos algumas dicas básicas para lhe ajudar a deixar sua casa mais segura para quando seu bebê começar a engatinhar.

 

1. Desça ao nível do seu bebê – literalmente

Rastejar pela sua casa ajuda a ver exatamente quais itens estão dentro de seu alcance. Por exemplo, rastejar sob sua mesa pode lembrá-la da tomada raramente utilizada que está abaixo dela e precisa ser coberta.

 

2. Bloqueie as escadas

Se houver escadas em casa, você precisará colocar portões de segurança tanto no alto quanto no fim das escadas. Se você optar por portões de pressão, lembre-se que um bebê com peso suficiente poderia movê-los. Portões de parede são uma escolha mais segura.

 

3. Elimine os cabos

Certifique-se de que qualquer coisa com cabos e fios estejam fora do alcance, incluindo babás eletrônicas e telefones. Também é aconselhável investir em telas de janelas.

 

4. Fixe itens grandes e pesados

Uma vez que o seu bebê estiver engatinhando, ele tentará subir em objetos. Certifique-se de que coisas como TVs e estantes estejam presas na parede ou no chão.

 

5. Trave quaisquer riscos potenciais

A garagem, o porão, o banheiro, a lavanderia e o escritório são todos os locais onde os conteúdos podem representar um perigo para o seu bebê. Qualquer armário contendo material de limpeza, tintas, ferramentas pesadas, pesos, peças pequenas ou produtos químicos de qualquer tipo deve ser trancado e colocado fora de alcance.

 

6. Proteja todas as quinas e tomadas

Todas as quinas pontiagudas nos móveis devem ser acolchoadas e todas as tomadas elétricas precisam ser protegidas com tampas.

 

7. Ensine a andar com segurança

Quando o bebê estiver pronto para começar a andar, pratique subir e descer as escadas, mostrando-lhe que ele deve sempre segurar o corrimão. Remova todos os tapetinhos que poderiam levá-lo a escorregar e cair.

 

 

Fonte: Pampers

Como incentivar o bebê a engatinhar

post2

post2

 

Aprender a engatinhar faz parte do desenvolvimento da criança e cada uma tem o seu tempo para isso. Porém, é possível ajuda-la, incorporando estímulos ao momento de brincar.

 

A ideia é fazer com que as brincadeiras ajudem o bebê a conquistar novas habilidades e a desenvolver todo o seu potencial. Nesse sentido, pode-se elaborar diferentes brincadeiras ou “desafios”, que irão instigar a criança e fazer com que ela aprenda e se divirta ao mesmo tempo.

 

As possibilidades são muitas, como, por exemplo, fazer um mini túnel com uma caixa de papelão, colocando o bebê de um lado e um brinquedo do outro. Quando este estiver fácil, pode-se aumentar a dificuldade do desafio, fazendo um túnel de cadeiras mais longo, para a criança atravessar. Outra ideia é criar um percurso com brinquedos ou blocos colados no chão com fita adesiva, formando caminhos e obstáculos para a criança ir de um brinquedo a outro.

 

Mais uma ótima opção é trabalhar com as texturas. Basta reunir diferentes materiais – vale toalha, cobertor, almofada, tapete, plástico-bolha, EVA – e dispô-los no chão, criando um caminho para o bebê. Tentando se locomover sobre essas superfícies com diferentes texturas, ele desenvolve a coordenação motora e aprende a explorar com os sentidos.

 

Como o processo de aprender a engatinhar é uma tarefa por vezes árdua para o bebê, esteja sempre presente, acompanhando para evitar acidentes e também para incentivar e vibrar com ele a cada desafio superado.

 

 

Fonte: Tempo Junto

 

Engatinhar é uma etapa muito importante no desenvolvimento da criança

478168649

É mais comum do que se pensa crianças que pulam a etapa de engatinhar. Este fenômeno está sendo atribuído à posição de dormir recomendada para reduzir o risco de Síndrome da Morte Súbita Infantil (SMSI) – o bebê deitado de barriga para cima.

Os pais têm respeitado a recomendação, mas nunca colocam seus bebês de barriga para baixo, nem mesmo durante as horas de vigília. Como resultado, a criança, que geralmente começava a engatinhar aos 7 ou 8 meses de idade, passa a engatinhar mais tarde ou anda direto, sem se rastejar pelo chão.

Porém, engatinhar é uma etapa importante do desenvolvimento infantil. Quando começa a engatinhar, a criança começa a descobrir o mundo sozinha. Esta é uma forma de iniciar a sua locomoção e ainda estimula o crescimento e as habilidades.

Você pode incentivar o seu pequeno a engatinhar. Coloque-o de bruços alguns minutos, todos os dias, apenas quando ele estiver acordado (e com a sua supervisão). Essa posição oferece oportunidades para o desenvolvimento de grupos musculares importantes, necessários para algumas habilidades motoras. De barriga pra baixo o bebê levanta a cabeça, o que reforça os músculos do pescoço e das costas. Músculos fortes permitem seu bebê rolar, sentar e engatinhar.

Vale lembrar que quando começa a engatinhar a criança vai querer descobrir o mundo à sua volta, por isso, é importante a casa estar segura, com cuidados especiais com escadas e tomadas.

478168649