Blog :: Xalingo

Tag - chorar

Dicas para fazer seu filho parar de chorar

Todas as crianças choram em algum momento. Umas mais, outras menos. Algumas, porém, choram muito, tendo dificuldade para se acalmar e o que quer que os pais digam, parece que as faz chorar ainda mais. Por isso, trouxemos algumas dicas para estes momentos.

 

1 – Ao invés de dizer “Está tudo bem”, diga “Eu sei que é difícil”

As crianças podem ficar muito emotivas quando caem, se machucam ou não conseguem fazer alguma atividade. Por mais que seja natural querer afirmar para eles que estão bem, isto pode fazê-los se sentir ainda piores. Prefira demonstrar seu apoio e compreensão dizendo que você sabe que é difícil ou que dói, ao invés de banalizar a dificuldade e o sentimento da criança.

 

2 – No lugar de “Pare de chorar”, tente “Eu entendo que você esteja triste”

O sonho dos pais seria que essas palavrinhas mágicas funcionassem. Mas não é porque eles falam para a criança parar de chorar, que isso realmente vai acontecer. Conversar com a criança sobre o que aconteceu ou o que ela está sentindo é muito mais eficaz, pois demonstra carinho e atenção, que ajudam a criança a se acalmar, sem menosprezar seus sentimentos.

 

3 – No lugar de “Você não precisa ter medo”, diga “Você está seguro”

Este é mais um exemplo de resposta comum dos pais, que surte efeito contrário na criança. Ao dizer que ele não precisa ficar com medo, os pais passam a sensação de que o que filho está sentindo é bobagem, quando ele acha que é muito importante. Quando os pais afirmam para a criança que ela está bem e que nada de ruim vai acontecer, eles demonstram que estão ali para protegê-la, escutando e se importando com os sentimentos dela.

 

 

 

Fonte: Pais&Filhos 

Motivos para não engolir o choro

post2

post2

Qual pai ou mãe nunca disse – ou ouviu dos seus próprios pais – frases como “Isso não é motivo para chorar”, “Não seja chorona”, “Engole esse choro”, entre outras variações. Mas será que precisa ser assim mesmo?

 

Para que as crianças aprendam a se relacionar consigo mesmas e seus sentimentos, é importante permitir que elas sintam essas emoções, para poder entende-las. Simplesmente tentar estancar um sentimento, não ajuda a compreender o quê e porquê estão se sentindo assim.

 

Se uma criança chora, ela tem o seu motivo. Talvez ele não seja um motivo que faria um adulto ou outra criança chorar, mas para ela é. Menosprezar isto afeta os sentimentos da criança como um todo. Ao invés disso, tente oferecer conforto a ela. Um simples ‘Vai passar’, acompanhado de um abraço ou carinho pode ter um efeito positivo e calmante muito maior na criança.

 

Pode chorar, sim. E isto vale para os pais também. Permita a si mesmo e ao seu filho chorar quando sentirem necessidade. Isto faz parte da natureza humana e da expressão dos sentimentos. Nesse contexto, é importante tentar identificar – ou questionar a criança sobre – o que ela está sentindo. Quando você chorar e seu filho vir, explique o motivo, seja tristeza, saudade, preocupações, etc. Isso ajuda a criança a compreender que, às vezes, os sentimentos se tornam grandes demais para suportamos e tudo bem chorar um pouco em função disso. Além disso, agindo desta forma, você consegue ajudar seu filho a dar nome para seus próprios sentimentos e aceitar ajuda de quem o ama.

 

 

 

Fonte: Just Real Moms