Blog :: Xalingo

Tag - atividade

Atividade: Ensinando a recortar de um jeito divertido

post1

post1

Por volta dos três anos as crianças geralmente já possuem o desenvolvimento de coordenação motora necessário para segurar uma tesoura e aprender a manuseá-la. Aprender a recortar é ótimo para estimular habilidades como a motricidade fina da criança. Por isso, vale apostar em atividades divertidas para incentivar esse aprendizado, como esta que trouxemos para você.

 

Materiais:

– Encarte de ofertas

– Tesoura infantil, sem ponta

– Cola

– Papel

 

O primeiro passo desta atividade é pedir para a criança recortar do encarte os itens que ela deseja ou conforme o tema estabelecido – pode ser uma lista de compras de supermercado, presentes para família e amigos, natureza, alimentos, etc.

 

Mesmo usando tesoura sem ponta, é bom ficar de olho para evitar qualquer acidente. Aproveite para observar a concentração da criança, o esforço que ela fizer para recortar certinho as imagens, repare se ela utiliza apenas uma ou ambas as mãos para manipular a tesoura…

 

Depois de recortar todos os itens, é hora da colagem! Conforme o tema da atividade, a criança pode soltar a imaginação na hora de colar as figuras recortadas no papel. Pode ser em forma de lista, bem organizado, pode ser por cores, por semelhança, pode ser formando uma outra figura… Deixe a criatividade dos pequenos fluir.

 

Esta atividade é bastante simples, mas pode divertir os pequenos por várias horas. E, conforme os materiais que tiver em casa, você pode mudar a abordagem dela. Neste exemplo, usamos um encarte de ofertas de supermercado. Mas você pode usar jornais, revistas, especificando um tema para as crianças recortarem imagens.

 

 

Fonte: Tempo Junto

Atividade: Cinema em casa

Os japoneses são mundialmente famosos por suas inovações tecnológicas. No entanto, a nova mania por lá poderia muito bem ter sido inventada no Brasil: o cinema com caixa de papelão. Por combinar tecnologia e reciclagem, é uma ótima atividade para fazer com as crianças. Confira!

 

Você vai precisar apenas de celular ou tablet e caixas de papelão.

 

Basta recortar o fundo da caixa para encaixar o aparelho e fazer uma abertura para encaixar cabeça e pescoço.

 

Depois, é só ficar numa posição confortável, posicionar o cinema individual sobre o rosto e dar play no filme, animação ou seriado escolhido.

 

E funciona mesmo! A caixa de papelão deixa tudo escurinho em volta da tela, como no cinema, fazendo que toda a atenção fique concentrada no que se está assistindo.

 

 

Dicas:

 

– Para evitar que a luz entre por frestas na caixa, cubra com fita ou posicione um tecido por cima.

 

– Para crianças menores e caixas grandes, vale colocar um colchonete dentro da própria caixa, para a criança deitar.

 

– Para um charme extra, decore a entrada do “cinema” com letras, luzinhas ou peça para as crianças personalizarem seus cineminhas com desenhos, pinturas e recortes.

 

 

Boa diversão! 😊

 

 

 

 

Fonte: Huff Post

Imagem: Ikea Hackers


Atividade: tinta caseira

post3

post3

Crianças adoram brincadeiras que gerem aquele pouquinho da bagunça, não é mesmo? Por isso, trouxemos uma atividade muito divertida: tinta caseira para pintar o box do banheiro!

 

Você vai precisar apenas de espuma de barbear e corante de alimentos, e, claro, recipientes para fazer as misturas de cores. Com as três cores primárias (azul, vermelho e amarelo) é possível criar inúmeras variações e cores personalizadas para esta obra de arte temporária.

 

Nossa sugestão de recipiente é usar uma forma de cupcakes para servir de paleta, deixando todas as cores à disposição da criança, que também pode participar da mistura das cores.

 

Para fazer a tinta, basta colocar um pouco da espuma de barbear no recipiente e misturar algumas gotas de corante de alimentos. Como a base da espuma é branca, talvez precise colocar mais corante para a cor final ficar bem forte.

 

Aproveite para ensinar aos pequenos sobre a mistura das cores, para verem o que acontece, por exemplo, ao misturar corante amarelo com o azul, vermelho com amarelo e assim por diante.

 

Depois das tintas prontas, é só levar para o box do banheiro e começar a brincadeira de verdade! Os pequenos podem pintar com os dedos mesmo, ou utilizando pinceis. Eles vão se divertir muito lambuzando as paredes do box com as cores, formando desenhos e, claro, fazendo aquela bagunça saudável. O bom – para os pais – é que toda a lambança vai embora em seguida, no próprio banho.

 

 

 

Fonte e imagem: Tempo Junto

Criando uma horta com as crianças

Lidar com plantas é uma atividade relaxante e terapêutica para adultos e crianças. Que tal criar uma mini horta com seu pequeno e aproveitar a oportunidade para ensinar a ele sobre a origem das plantas?

 

Ao plantar um jardim ou horta com seu filho, você também promove o relacionamento, a comunicação e reforça o elo entre vocês. Pode ser num cantinho do quintal ou numa floreira, se morarem em apartamento, não é preciso um grande espaço para começarem a atividade.

 

Para o aprendizado ser ainda maior, ao invés de flores e plantas, que tal escolher algumas variedades de vegetais que poderão ser consumidos depois? Assim as crianças vão aprender sobre a origem dos alimentos, entender o processo e o tempo de cada um e ainda saborear algo que elas mesmas plantaram.

 

Existem alguns vegetais que crescem rapidamente, como rabanetes, vagem e alface. Assim, seu filho conseguirá ver os frutos de plantio e dos cuidados em um tempo curto. Façam juntos o plantio de sementes ou mudas e organizem uma rotina para regar, até poderem colher suas plantinhas. Quando tiver oportunidade, leve seu filho para conhecer uma fazenda de verdade e conhecer o plantio ou a colheita em maior escala.

 

Tudo isso ajuda as crianças a aprender sobre cuidados consistentes e lhes dá senso de responsabilidade. Conhecendo a origem dos alimentos e entendendo seu processo, eles aprendem a respeitar mais a natureza e o que ela oferece, além de desenvolver uma base consistente para fazer melhores escolhas no futuro.

 

 

 

 

Fonte: Pampers

Atividade: camiseta para o Ano Novo

post3

post3

Já pensou que legal passar virada com uma camiseta personalizada, e o melhor, feita por você mesmo e pelas crianças? Reúna a família, pois esta atividade será muito bacana para todos!

 

Você vai precisar de:

– Camisetas brancas

– Estilete

– Papel contact

– Tinta para tecido dourada ou prateada

– Esponja de limpeza

 

Como fazer:

Escolha o desenho a ser pintado – estrelas, o número do ano, ou o que quiserem – e desenhe no papel contact. Caso opte pelo número do ano, lembre-se de desenhar ao contrário, pois ficará espelhado na camiseta.

Recorte com tesoura ou estilete e cole o papel contact sobre a área desejada na camiseta. Por precaução, coloque papelão ou folhas de jornal dentro da camiseta, para que atinta não borre para o outro lado do tecido.

O papel contact funcionará como um molde personalizado para a pintura na camiseta. Esta técnica é baseada no stêncil, e, caso prefira, poderá encontrar facilmente moldes prontos em papelarias ou lojas de artesanato.

Seguindo as instruções, aplique a tinta – em spray ou com pincel ou mesmo esponjinha, dependendo do desenho e da tinta escolhida. Use a esponja de limpeza para tirar os excessos do papel contact, deixe secar por algumas horas e pronto!

 

Ah, espere cerca de 2 dias antes de lavar, para não correr o risco de desbotar a estampa. E, passar a ferro, somente pelo lado avesso e com um tecido de proteção, para não transferir.

 

Divirtam-se com este passo a passo e Boas Festas!

 

 

 

Fonte e imagem: Pais & Filhos

Atividade: pezão de papelão

post3

post3

Tem dias em que os pais não sabem mais o que inventar para entreter as crianças em casa, não é mesmo? Por isso, é sempre bom ter algumas atividades fáceis e divertidas para lançar mão. Ou pé, no caso deste passo a passo. Nele, você vai aprender a fazer um pezão de papelão, que vai render horas de diversão para os pequenos.

 

Utilizando materiais que sempre se tem em casa, a ideia aqui é fazer um pé gigante com o papelão, para as crianças amarrarem sob seus pezinhos e brincarem de caminhadas divertidas com essas pegadas enormes.

 

Materiais:

– 2 pedaços de papelão

– Lápis

– Canetinha

– Estilete

– Tesoura

– Cadarços, barbante ou lã grossa

 

Confira o passo a passo no vídeo e boa diversão!

 

 

 

 

Fonte e imagem: Pais & Filhos

Pintando o leite

post2

post2

Você não leu errado, não. Pintando o sete é outra história. Esse post é sobre pintar o leite mesmo! Chame as crianças para se divertir com essa atividade.

 

Materiais:

– uma tigela

– leite

– tintas líquidas e em pó

– 1 conta-gotas

– 1 pincel fino e/ou palito de dentes

 

Encha uma tigela com leite para cada criança. Depois, é só elas escolherem as cores e pingarem uma gota e observar o que acontece. A tinta se espalha? Forma um círculo? Afunda e some? Em seguida, pingar outra cor (ou salpicar um pouco da tinta em pó), e assim por diante, variando a altura da gota, para perceber o efeito que provoca na mistura. Com o pincel ou palito, as crianças podem mexer delicadamente as tintas no leite, puxando riscos para formar desenhos abstratos incríveis.

 

Lembre-se de registar em fotografias a evolução dessas obras de arte dos pequenos.

 

 

 

 

Fonte e imagem: Yoyo Zine

Pintando como um artista

post3

post3

A maioria das crianças adora pintar. Pensando nisso, trouxemos uma atividade muito divertida, inspirada no pintor Jackson Pollock.

 

Famoso por suas pinturas abstratas, Jackson Pollock não usava pincéis e sim respingava a tinta sobre imensas telas colocadas no chão. Os pingos escorriam, formando traços que pareciam se entrelaçar na tela. Essa técnica ganhou o nome de dripping.

Jackson Pollock e uma de suas obras

 

Em nossa atividade, a técnica é um pouco diferente, mas o resultado também é muito bacana. Confira os materiais que você vai precisar:

 

– tampa de uma caixa (de sapato, por exemplo)

– papel sulfite

– tinta nas cores que desejar

– bolinhas pequenas (pode ser bola de gude ou aquelas de borracha)

 

Caso a tampa da caixa seja muito maior do que a folha de papel, fixe-a no fundo da tampa com um pingo de cola ou pedacinho de fita dupla face em cada canto. Depois, é só molhar a bolinha na tinta e fazê-la rolar pelo papel. Você pode colocar uma cor de cada vez ou experimentar com mais bolinhas e cores simultaneamente.

 

Veja a técnica em ação nesse vídeo e mãos à obra – literalmente!

 

 

 

Além de divertida, essa atividade estimula a coordenação motora das crianças e é uma ótima maneira de elas começarem a aprender sobre a História da Arte.

 

 

 

Fonte: Tempo Junto

Gatinhos de lã e papelão

post1

post1

Hoje o blog da Xalingo traz uma atividade simples, divertida e muito gostosa de fazer com as crianças nos dias frios. Prepare-se para fazer muitos gatinhos de lã e papelão.

 

Materiais:

– papelão ondulado

– lã

– papel branco

– lápis

– tesoura

– cola

– canetinhas

– palitos

 

Confira o passo a passo no vídeo abaixo e reúna as crianças para essa diversão.

 

 

 

Dicas:

 

ž – Para fazer os bigodes, você pode usar palitos pintados ou colar pedacinhos de lã ou barbante.

 

ž – Para fazer gatinhos mais fofos e peludos, use lãs felpudas e faça algumas voltas a mais no corpo deles.

 

-ž As crianças podem se divertir ainda mais desenhando diferentes expressões faciais nos gatinhos e usando-os para brincar como um teatro de fantoches.

 

 

 

Fonte e imagem: Krokotak

Alimentando passarinhos

post3

post3

 

Este passo a passo é ótimo para quem mora em casa ou pode aproveitar alguma área aberta de pátio com árvores. Sabe por quê? Porque vamos ensiná-lo a fazer um alimentador de passarinhos. E quer coisa mais bonita do que poder observar esses animais encantadores? Chame as crianças e vamos lá.

 

Para fazer o alimentador de passarinhos você vai precisar de:

– Rolos de papel (pode aproveitar os de papel higiênico)

– Pasta de amendoim

– Sementes para pássaros (fácil de encontrar em supermercados, pecuárias e pet shops)

– Faca sem ponta ou espátula

 

Dê um rolinho de papel para cada criança. Com a faca (muito cuidado) ou a espátula, elas devem espalhar a pasta de amendoim em volta de todo o rolo.

 

Despeje as sementes em um recipiente maior e, após cobrir o rolo com a pasta, os pequenos devem passá-lo nas sementes. A pasta de amendoim fará com que as sementes fiquem grudadinhas no rolo.

 

E está pronto! Agora é só procurar uma árvore com uma ponta de galho, pendurar os alimentadores e esperar que os passarinhos venham comer.

 

Ao longo dos dias vocês podem ir observando como está o consumo das sementinhas e quais os tipos de pássaros que aparecem para se alimentar delas.

 

 

 

Fonte e imagem: Growing a Jeweled Rose