Blog :: Xalingo

Tag - aniversário

Inovando na festinha de aniversário

post2

post2

Quem disse que festa de aniversário precisa ser sempre com temática dos personagens favoritos da criança? Com um pouco de criatividade, é possível fazer uma festa linda e diferente, explorando outros temas que interessem os pequenos.

 

Quer um exemplo bacana? A festa de aniversário do Vitor teve Ciências como tema. Bastante inusitado, mas muito original, pois expressa outro aspecto da personalidade da criança, que também pode ser divertido e até inspirador para outras.

 

A decoração contou com ideias muito criativas para dar um ar de laboratório à festa, como uma lousa com fórmulas químicas desenhadas com giz e um bolo que faz referência à tabela periódica.

post2c

E não é porque a decoração teve Ciências como tema, que as guloseimas foram esquecidas. Para decorar os cupcakes, por exemplo, foram usadas balas de goma espetadas com palitos, imitando as estruturas de moléculas. Para dar mais graça à mesa, foram utilizados tubos de ensaio recheados de balinhas, e com tufos de fibra de silicone saindo pelo bocal, para imitar a fumacinha das incríveis experiências que as crianças podem imaginar.

post2d

post2e

 

Para o próximo aniversário do seu filho, que tal apostar em alguma ideia original como esta? Investigue os interesses dele – músicas e bandas, livros, matérias favoritas na escola, etc. – e organize uma festinha ainda mais especial e bem ‘a cara dele’.

 

Já organizou uma festinha de aniversário com um tema inusitado? Conte para a gente!

 

 

 

 

Imagens: divulgação – Thais Galardi/GNT

Fonte: Crescer

Aniversários: diversão sem confusão

Para realizar uma festa de aniversário incrível para os seus filhos, é importante garantir a diversão da criançada. Com estas dicas, você evita estresse e preocupações. Confira!

 

Proteção e segurança

Antes das crianças chegarem, verifique o local da festa para assegurar-se de que todas as coisas pequenas ou perigosas sejam devidamente guardadas, tomadas cobertas, tapetes que possam oferecer risco de tombos sejam recolhidos, etc. Se a festa ocorrer em uma área externa, verifique árvores e galhos que possam oferecer riscos, bem como piscinas e outros itens.

 

Peça ajuda

Recrute amigos e familiares para lhe ajudar no dia da festa, ficando cada um responsável por monitorar uma área ou brincadeira.

 

Comida e bebida

Ofereça uma boa variedade e quantidade de salgados, doces e bebidas, lembrando de disponibilizar opções saudáveis e de verifica se algum convidado possui restrições ou alergias alimentares para providenciar algo de acordo.

 

Diversão e entretenimento

Tenha à mão recursos que a crianças costumam gostar, como lápis de cera, papel, argila, carrinhos e bonecas. Mas lembre-se que a atenção delas é curta, então é bom preparar outras atividades, brincadeiras e jogos.

 

Incentive

Se perceber alguma criança desinteressada ou sem vontade de participar de algumas atividades, incentive-a a tentar outra coisa e chame outras crianças para participar. Assim ela se sentirá acolhida e mais receptiva a brincar junto com as demais – evitando que as birras comecem e se espalhem pela festinha.

 

 

 

Fonte: Pampers

O 1º aniversário

post1

post1

 

Comemorar o primeiro ano do bebê é um momento incrível e que será lembrado para sempre. Por isso, além da festinha – que é muito mais uma celebração dos pais pelas alegrias e conquistas do pequeno – é importante criar memórias afetivas com as quais a criança possa desenvolver alguma relação no futuro.

 

Confira algumas ideias para registrar o primeiro aniversário do seu filho.

 

Marcar uma pegada dele

Utilize um kit de gesso, facilmente encontrado em lojas de artesanatos, para fazer uma impressão do pezinho ou mão do seu filho. Depois de seco, coloque numa moldura, lembrando de identificar a data (pode ser com uma etiqueta no verso ou na frente mesmo, usando canetas específicas).

 

Plantar uma árvore

Assim como seu filho, a árvore vai crescer com o passar dos anos. A cada ano, você pode fazer uma foto dele junto à arvore, acompanhando o crescimento deles e ensinando-o sobre a ligação que temos com a natureza.

 

Fazer uma cápsula do tempo

Selecione alguns itens relacionados ao primeiro ano de vida do bebê e ao ano em si – vale fotografias da casa ou do quarto, brinquedos favoritos, notícias da época, uma mechinha de cabelo, uma gravação das primeiras palavras, etc. Colete os itens e coloque numa caixa identificada, selada para ser aberta somente no aniversário de 18 anos dele (ou outra idade a definir).

 

 

 

Fonte: Pampers

Como economizar na festinha do seu filho

Crianças adoram festinhas de aniversário! E não é pra menos: não existe nada melhor do que comemorar o fato de estarmos vivos! Mas todos sabemos que essas festas podem custar uma fortuna. Mas não desanime se o seu orçamento está baixo: com criatividade, dá para fazer uma festa incrível gastando pouco!

1 Organize com antecedência. Assim, você pode conseguir descontos, além de ir comprando os itens aos poucos, encaixando no seu orçamento.

Defina as prioridades (dos pequenos). Não pense na “imagem”, nas “aparências” nem no seu gosto pessoal na hora de planejar a festa. Converse com a criança e veja o que mais importa para ela: uma festa para poucos convidados, mas mais bem elaborada? Ou uma festa mais simples, mas com muita gente? Monte a lista de convidados junto a ela, e vá explicando as opções. E lembre-se: para os pequenos, menos é mais! Se eles tiverem algo gostoso para comer e muita diversão, nem darão bola para muitos “detalhes” nos quais só você repara!

Conte com os “talentos” amigos. Aquela sua prima que manda bem na pintura pode fazer o painel decorativo. As vovós que são rainhas da cozinha podem preparar o bolo, os salgadinhos… Seu sobrinho que é ligado em música pode cuidar da trilha sonora. Sua sobrinha que é designer pode fazer os convitinhos (que você pode enviar por e-mail, para economizar ainda mais). Aquele seu cunhado que é divertidíssimo pode ajudar divertindo as crianças com brincadeiras. Além disso, envolver os mais próximos desde o início é uma ótima ideia: eles podem não só ajudarem com os seus talentos, mas darem dicas de que na confeitaria tal os doces são mais baratos, que determinada loja está com uma promoção de decoração, e por aí vai.

Mas lembre-se de retribui-los quando eles precisarem! Ou até mesmo preparar alguma lembrancinha para agradecê-los ao final da festa. Aí é hora de pensar onde entram os seus próprios talentos: você pode fazer um bolo, convidá-los para um jantar especial, fazer algum trabalho manual que você domine…

Aposte em comidinhas tradicionais e petiscos práticos. Crianças adoram os básicos: pavê (ou “torta de bolacha”), brigadeiro, cachorro quente, gelatina em copinhos de cafezinho… Esses pratos costumam ser baratos e podem ser facilmente feitos em casa. Pasteizinhos caseiros, sanduichinhos, pizzas caseiras e tortas frias também são práticos e acessíveis. E você ainda pode dar um clima de circo ou de cinema e apostar em pipoca e algodão doce!

2

Para os adultos, você pode apostar em torradinhas ou biscoitos salgados acompanhadas de patês e pastinhas (atum com maionese, frango com requeijão, creme de cebola de pacote com iogurte natural, maionese com frios picados, etc). Legumes cortados em formato de palito também acompanham bem essas pastinhas. Outra alternativa prática é montar palitinhos com batatas bolinha, tomate cereja, frios em cubos, rodelas de pepino, azeitonas, etc também são uma ótima pedida. O mais interessante dessas opções é que a maior parte desses ingredientes, em caso de sobrar, podem ser reaproveitados depois, fazendo sanduíches, quiches, tortas salgadas, etc.

Use o que você já tem em casa. A festa vai ser temática do personagem preferido do seu filho? Use os brinquedos que ele tem do mesmo para a decoração! Ao invés de travessas e pratos descartáveis, com certeza você tem vários divertidos em casa que podem ser utilizados. Passeie pela sua casa e pense em itens que podem servir para a festa… e envolva a criança nesse processo! Lembre-se de que os pequenos costumam ser muito criativos!

Aposte em atividades simples para divertir a criançada. Não é necessário ter animadores ou um playground. Divirta as crianças com atividades clássicas, como dança das cadeiras, cabo de guerra, caça ao tesouro… Ou prepare um cantinho com brinquedos, “fantasias” (maquiagens, roupas antigas que você tem em casa, máscaras e acessórios que você tem de outras festinhas), materiais de desenho, etc.

Que tal uma festa pic nic? O aluguel do espaço costuma ser uma das partes mais caras da festa. Se você não tem um lugar em casa para fazer, que tal fazer um piquenique? Basta organizar a festinha em um parque! Só lembre de pensar na segurança e na questão do tempo. Confira algumas dicas para organizar essa festinha aqui!

Faça duas festinhas em uma. Se os irmãos ou primos fazem aniversário em datas próximas, fazer uma única festa pode ser uma ótima alternativa. Temas unissex não faltam, em caso de ser um menino e uma menina.

Outra opção é fazer uma festinha na escola para os amiguinhos, e um almoço em casa para a família.

Divirta-se! Deixe o máximo que puder preparado com antecedência, conte com a ajuda dos mais próximos (família, amigos, aquela sua funcionária super disposta) e faça o possível para conseguir se divertir também nesse dia. Não se estresse com detalhes ou imprevistos. Tudo faz parte da diversão do grande dia! :)
Confira mais algumas dicas super legais aqui e aqui!

Pacotes de presente super criativos

01

Seus pequenos têm festinhas de aniversário para ir a toda hora? Haja criatividade para inovar no presente a toda hora, e ainda sem extrapolar o orçamento.

Crianças adoram embalagens, e uma maneira super legal de dar um ar criativo e moderno até aos presentes mais simples (como uma caixa de bombom, por exemplo) é inovar na embalagem, tornando-as “interativas”, fazendo com que ela tenha algo que atraia a criança.

Uma embalagem branca pode receber alguns giz coloridos, colados com uma durex estampada (decotape), convidando a criança a colorir a embalagem. Dentro dela, podem ter alguns livros de colorir ou outros materiais de desenho – as crianças adoram e podem ser bem acessíveis.

01

Essa os meninos apaixonados por carrinhos vão amar! Cole uma faixa mais escura e desenhe a faixa central da estrada. Depois, é só colar um pequeno carrinho, desses que se compra em qualquer bazar ou lojinha de brinquedos ou de importados.

02

Se o presente for menor, embale-o com páginas de caça-palavras, cruzadas ou de qualquer outro joguinho divertido! Outra alternativa são páginas de gibis.

03

Divertindo a criançada em clima de circo

71be87f34c092a81d13bdc7f9c2e6479

imagem

Hoje é comemorado o Dia do Circo. Que tal entrar no clima e preparar uma super diversão para a criançada no final de semana? Junte algumas fantasias, máscaras ou até mesmo maquiagens e roupas antigas, além de fitas, laços, chapéus… qualquer coisa com as quais as crianças possam criar suas próprias fantasias. Até mesmo tecidos e aviamentos podem ser utilizados. Você e outros adultos podem ajudar com linha e agulha, ou cola quente.

Além disso, prepare algumas guloseimas (pipocas em saquinhos, algodão doce e balinhas são boas pedidas!) e decore a sala, a garagem ou o jardim com papeis coloridos, tecidos, balões ou o que mais sua criatividade mandar.

Separamos algumas imagens de festinhas de circo para você se inspirar. De repente rola até algumas ideias para a próxima festinha de aniversário dos pequenos, né?

4b1f277c954c470626852515cfb5e2e7 8cb381873d71f50ee03536cfcdc35a33 71be87f34c092a81d13bdc7f9c2e6479 723eb51d7fb327b4889e7408c37546e0 6026e2de672258d237918f510e5e8a12 57546a5d7a83b4e0d0ec6dcf63403392 80003cc90589c3a7fbec854ddaf76930 a367e937a4bd14674dfdcda08cbf086c e6b84c21e5caf2bd333340cf8937d97f

Festa infantil em clima de verão

03

Seu pequeno faz aniversário em pleno verão? Que maravilha! Você pode aproveitar o clima da estação e fazer para ele uma festinha no clima da estação, com temas de praia ou até mesmo na piscina, com jogos aquáticos.

Inspire-se nessas ideias, faça o pequeno feliz e divirta toda a turminha!

Compre novos baldinhos, higienize-os e use-os para servir as guloseimas!

As cores e a alegria da estação por si só já divertem a criançada! (E lembre-se de colocar no convite que as crianças devem vir com suas boinhas de braço!)

Kits de praia como lembrancinhas.

Que tal encher uma piscininha inflável de areia e enchê-la de brinquedinhos de praia?

Infláveis divertidos podem ser usados para decorar a mesa!

Um bambolê, uma piscininha e um bocado de detergente podem fazer bolhas gigantes para distrair a criançada!

Brinquedos garantem a festa dentro da piscina!

Entre no clima na decoração, nos petiscos, no convite…

Se vocês estiverem no litoral, por que não fazer uma pequena festinha na praia mesmo? Mas, por segurança, convide os pais também. É complicado ter que cuidar de tantas crianças em um local aberto!

Use cartolinas para transformar os pratinhos em animais marinhos e decore os petiscos como sua criatividade mandar!

Delicinhas divertidas e saudáveis!

E você pode ainda usar as receitas de picolés que publicamos para servir essas delícias para os pequenos. Hmmm…

65 anos de muita história para contar

Hoje é um grande dia! Comemoramos 65 anos de Xalingo… e de muita história para contar!
História essa que tem sido construída dia-a-dia, com crianças que aprendem brincando, que evoluem com os seus aprendizados diários… Com os pais que passam para os seus filhos seus gostos e suas preferências por brinquedos de qualidade, que divertem e ensinam… Com avós, que sorriem ao verem seus netos se divertindo com alguns dos mesmos brinquedos que fizeram sua própria infância… Com professores, que usam da ludicidade para ajudar a construir conhecimento na vida dos pequenos.

Ao longo do último mês, envolvidos em nossas comemorações, temos ouvidos muitos depoimentos de pessoas que tiveram parte da sua história construída graças às brincadeiras da sua infância… e graças à Xalingo! Que menina não descobriu seu lado maternal brincando de casinha? Que criança não queria ser professora quando brincava com materiais escolares em casa? E os profissionais da construção civil que viram sua vocação nas brincadeiras com o Brincando de Engenheiro?

A Giselle Lima contou pra gente que seu brinquedo favorito no Jardim de Infância era justamente esse. E que, agora, sua filhinha de dois anos ganhou o mesmo de presente, e ama! Passa horas montando e desmontando casinhas… “Quando vi ela sentadinha no chão da sala, colocando aqueles telhadinhos vermelhos em cada bloquinho, bateu uma saudade do meu tempo de criança”, conta, emocionada. E ainda diz que é muito bom ver sua pequena, Estrela, brincando feliz com algo que também a fez feliz há mais de 20 anos!

Promoção Post Premiado – #Ganhadora 4

Conheça, agora, a nova ganhadora da promoção Post Premiado! Ao relatar, com emoção, a importância que seu filho Pedro deu ao fato de completar quatro anos, a mamãe Maria Beatriz conquistou o coração da comissão julgadora! Eles levam, para casa, o Jogação Sapos Come-Come (Ref. 0310.9)!

Agora, queremos saber a sua história! Escolha uma (ou mais) foto e conte a história deste dia especial! Mande pra nós e fique na torcida: você pode ser a próxima ganhadora!

A primeira frustração do meu filho

Meu filho acaba de fazer quatro anos. Idade muito comemorada por ele. Ele faz aniversário no dia 20 de setembro, mas pode comemorar durante toda a semana, já que na data aconteceu um almoço de família, no dia seguinte festinha na escola, no outro janta com amigos nossos e na sexta-feira a grande festa em uma casa de festa com muitos brinquedos e todos os amigos.

De fato, o Pedro estava radiante. Contou os dias para chegar a data, me encantei com a felicidade dele. Meu filho sempre gostou de comemorar o aniversário que alias é uma característica da nossa família, adoramos aniversário, mas esse realmente parecia ser especial. Era uma alegria incontida. E claro, como não poderia ser diferente a todos que via pedia um presente. Passei por muitas situações que adultos consideram constrangedoras, mas que para as crianças são bem normais.

A festa oficial foi demais, ele não parou um minuto aproveitou todos os brinquedos, mesmo estando friozinho ele suava de tanto brincar, a sua alegria era imensa. Ele transmitia uma aura de realização.

Encerrada a festa fomos para casa e ele logo dormiu, afinal o cansaço tomou conta de seu corpo. No dia seguinte, ele acordou com uma postura um pouco diferente. Observei, mas “não dei muita bola”, afinal o que não falta no Pedro é personalidade. Como ganhou muitas ferramentas – que ele adora – logo foi brincar com elas como se fosse construtor, reflexo da profissão de seu pai, que é engenheiro e costuma levá-lo para as “obras”.

Enquanto brincava, chamei-o para comer e ele imediatamente me corrigiu: “Não sou teu filho, sou o senhor consertador. Estou aqui para arrumar sua casa”.

Não contive o riso, mas entrei na brincadeira. Assim foi o final de semana todo, ele assumindo uma postura como se fosse um adulto.

Na segunda-feira enquanto nos preparávamos para ir para escola, ele disse que não queria que o levasse, pois agora tinha quatro anos e poderia ir sozinho, tentei explicar que não era dessa forma, que apesar da idade ele ainda não tinha condições de andar sozinho por ai. Mas não teve discussão ele bateu o pé, brigou comigo, chorou. Já sem saber o que fazer, combinei com ele então que pedisse uma autorização por escrito para a diretora da escola para poder ir sozinho. E com esse acordo o deixei na escola. No final do dia ao buscá-lo, a diretora me chamou para conversar, que o Pedro Antônio havia solicitado uma autorização para ir de bicicleta para a escola, pois agora tinha 4 anos e já poderia fazer isso. Como ela não autorizou, ele falou com todas as pessoas da escolinha, desde a cozinheira até as demais professoras. Não foi fácil convencê-lo, apenas ficamos assim, de no dia seguinte partir para mais uma batalha sobre como ir para a escola.

Ao chegar em casa, ele não quis minha ajuda para as coisas rotineiras como vestir-se, servir a janta, colocar a fralda para dormir. Porém ao tentar se servir derrubou a comida, ai parou e se sentou. Nisso começou a chorar muito, sem entender o que estava acontecendo fui conversar com ele para acalmá-lo, Nisso, entre uma lágrima e outra, ele muito frustrado me disse que queria fazer tudo sozinho, mas não estava conseguindo e assim me perguntou:

– Mãe, achei que ia mudar tudo com quatro anos, mas vai demorar muito pra mim poder fazer as coisas sozinho, né?

Diante a imensa frustração do meu filho, só pude responder:

– Sim, meu filho, vai demorar. Mas eu vou estar sempre contigo para te ajudar.

E assim, participei da primeira frustração do meu filho, que estava muito decepcionado por não ter acontecido a “revolução” que ele esperava aos quatro anos de idade.

Faça um aniversário divertido

Vamos dar continuidade aos posts comemorativos do aniversário da Xalingo (não esqueça, é dia 30 de setembro!) compartilhando com você dicas de como fazer uma super festa para comemorar a nova idade das suas crianças.

Sabemos que você é uma só! E que, na hora da festa, está sozinha ou conta com a ajuda de uma ou duas amigas para tomar conta da criançada! Eles correm, brincam, divertem-se, enquanto vocês quase enlouquecem com tanta energia junta! Então, o que fazer? Como distrair essa galerinha agitada?

Uma opção é fazer a festa em uma casa especializada. Estes locais normalmente contam com profissionais qualificados, que entretêm as crianças, além de brinquedos e espaços para diferentes idades.

Você também pode contratar uma equipe de recreacionistas. Eles virão com brinquedos e brincadeiras que garantirão a diversão da criançada durante todo o evento. Se possível, tenha um elemento surpresa: algo que seu filho goste e que só descubra na hora. Pode ser um show de mágica, palhaço ou teatro de fantoche. Se você contratar esta atração, marque o início para uma hora antes de cantar o parabéns.

Mas, se você não quer gastar muito, incorpore a recreacionista: faça um cronograma para a festa e programe brincadeiras que envolvam as crianças. Nesta lista, você pode incluir a corrida de ovo na colher, a corrida do saco, a dança das cadeiras, a cabra-cega, entre outras. E, no final da festa, que tal retomar a tradição do balão-surpresa? Encha-o de mini-brinquedos, balas e outras travessuras e feche com chave de ouro a festa do seu filho!