Cuidar dos netos ajuda na saúde dos avós

post1

 

Muitos avós costumam ajudar a cuidar dos pequenos quando papais e mamães têm algum compromisso. Se vivem perto, os avós são sempre a primeira opção dos pais para tomar conta dos filhos. E o que parece mera ajuda à família, na verdade também beneficia a saúde dos avós.

 

Um estudo divulgado pelo periódico Evolution and Human Behavior confirmou que os vovôs e vovós que cuidam dos seus netos vivem mais do que os outros, que não se envolvem na rotina e nos cuidados com as crianças.

 

Esta descoberta é resultado de uma pesquisa que envolveu 500 idosos de 70 a 103 anos, divididos em 3 grupos: avós que ajudavam a cuidar do netos, avós que não ajudavam e idosos sem netos.

Segundo o estudo, os idosos que cuidavam dos seus netos viveram cerca de 10 anos mais, após a realização da pesquisa. Os idosos que não se envolviam com seus netos vieram a falecer até cerca de 5 anos depois da pesquisa. E os idosos que não eram avós, mas se envolviam no cuidado de outras crianças, também apresentaram maior longevidade.

 

O resultado do estudo aponta na direção de que, ao cuidar de outras pessoas, acabamos sendo beneficiados também. No caso dos idosos, a vitalidade e alegria das crianças funciona como um impulso de vida para eles, um motivo extra para viver mais. Claro que não se deve tomar isso como receita de longevidade e, muito menos, abusar da saúde física e emocional dos vovôs – pois sabemos que crianças também podem ser muito desgastantes.

 

 

 

Fonte: Pais e Filhos



Deixe uma resposta