Blog :: Xalingo

7 dicas simples que ajudam seus filhos a praticarem a sustentabilidade

sustentabilidade

A palavra sustentabilidade está na moda, mas você sabe como ensinar isso aos seus filhos? A gente sabe que parte da educação cidadã das crianças vem de casa e os pais têm papel fundamental no ensinamento dos filhos e também são responsáveis em que tipo de adultos eles se tornarão no futuro.

Você conversa com o seu filho sobre a preservação do meio ambiente, descarte e reciclagem de lixo? Pois deveria. São ações como essas que tornarão o seu filhote uma pessoa melhor quando adulto e que saberá como cuidar e preservar o mundo em que vivemos.

Claro que a escola também aborda temas relacionados à sustentabilidade. Mas nada impede que em casa também exista um movimento em prol dessa causa. Há diversas formas de desenvolver o tema com a molecada e a criatividade não precisa de limites. Separamos algumas dicas de como você e sua família podem passar aos seus filhos uma visão mais ecológica e sustentável do mundo e da vida!

sustentabilidade

  • Árvores: Explique para a criança qual o papel da árvore na vida dos seres humanos. Conte a ela que a árvore é responsável por purificar o nosso ar, controlar a temperatura da cidade onde a gente vive, além de fornecer sombra, ser lar de insetos e pássaros e embelezar o lugar. Uma boa dica é escolher uma espécie e plantar junto com a criança. Assim ela pode ir acompanhando a evolução da árvore a medida que vai crescendo junto com ela.
  • Interruptores de luz com desenho de super-herói: A conta de luz está cada vez mais cara e a família precisa ajudar na hora da economia de energia. Se o interruptor estiver com um personagem legal a criança irá se motivar a desliga-lo. Você ainda pode dizer que o personagem está de olho em quem não apaga a luz e fazer com que a criança cobre também os adultos da casa para criar o hábito de apagar as luzes ao sair dos recintos.
  • Transforme o tempo de banho em uma corrida: Se tem algo que gasta muito energia elétrica é o chuveiro. Por isso, o banho precisa ser sempre curto, pois além do gasto de luz existe ainda o gasto de água. Você sabia que encurtando o tempo de banho de sua casa em um ou dois minutos a economia pode ser de até 150 litros de água em um mês? Por isso, trate esse momento de fórmula lúdica, como uma corrida. Cronometre o tempo deles no chuveiro e ofereça recompensas pequenas caso ele consiga bater o tempo estipulado ou se fizer um tempo melhor do que o último banho. Só que na regra da brincadeira precisa ficar claro que não vale pular a parte da higiene pessoal por causa de um prêmio.
  • Bilhete perto da torneira do banheiro: Vai escovar os dentes? Nada de deixar a torneira aberta durante o processo. Vale lembrar que isso serve também para os adultos, quando estão fazendo a barba, passando fio dental ou qualquer outra higiene pessoal. Os mais velhos precisam dar o exemplo para os mais jovens seguirem. Coloque então um pequeno bilhete, por escrito, perto da sua torneira para refrescar sua memória e a dos seus filhos.
  • Brigada dos carregadores: Se seu filho tem smartphone ou tablete é normal que precise recarregar os aparelhos com alguma frequência. Mas você sabia que os carregadores plugados na tomada, mesmo sem o celular carregando, consomem energia? Por isso é melhor desconectá-los quando não estiverem em uso. E isso pode servir também para vídeo-games, TVs, aparelhos de som, etc.
  • Coloque as crianças no comando da reciclagem: Para mudança dos hábitos dos seus filhos, em qualquer assunto, que tal colocá-los no comando das ações? Atribua à molecada o controle da reciclagem, pois assim entenderão sua importância e darão mais valor à separação do lixo doméstico.
  • Reaproveitando a água da chuva: Mostre as crianças que a água da chuva pode ser reaproveitada. Basta a criança colocar um balde fora da casa com uma pedra dentro, para não tombar, e esperar a chuva. Quando parar é só pegar esse balde e usar essa água para molhar as plantas que estão dentro de casa ou mesmo nos sanitários. Isso fica mais fácil de ser feito se você morar em uma casa, mas se morar em apartamento basta descer no térreo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *